Comece a ganhar
dinheiro com o seu blog

Adquira agora mesmo sua independência financeira
e trabalhe de onde quiser!

Eu quero!
Loading

Qual país escolher para o intercâmbio

Por Bárbara Nassar, em

Qual país escolher para o intercâmbio

   Meeus amoores, mais um post sobre intercâmbio. Nos dias de hoje, aprimorar um novo idioma é fundamental, e fazer uma viagem desse tipo trás muitos benefícios na vida do intercambista. Além de ajudar muito no crescimento profissional, pois se torna um grande diferencial nas entrevistas, ajuda também no amadurecimento pessoal. Eu não imaginava a auto-confiança que um intercâmbio me daria, sem dúvida é uma experiência única. Para os que ainda estão em dúvida, ou querem convencer seus pais, acesse o post onde falo um pouco se vale a pena investir em um intercâmbio.

   Muitas dúvidas surgem na hora de escolher os detalhes da viagem, por isso é necessário se organizar. A escolha do destino é uma escolha prazerosa demais, mas é uma etapa muito importante, já que é o principal fator para tornar a sua viagem inesquecível. Para os que estão na dúvida não precisam se descabelar, separei 5 etapas para ajudar nesse processo:

1. Idioma.

   O primeiro passo a ser tomado é escolher o idioma que deseja aperfeiçoar durante a sua viagem. O país a ser escolhido precisar oferecer a possibilidade de aperfeiçoar a língua escolhida. Por isso é a primeira etapa, já é possível cortar alguns países.
  

2. Qual seu objetivo.

   O primeiro passo é escolher o objetivo da viagem. Ou seja, você quer aprimorar um idioma? Fazer um curso específico? Fazer pós graduação? Trabalhar? Fazer um curso, mas viajar bastante? São muitos fatores e possibilidades. Este passo é importante pois, por exemplo, se o objetivo é trabalhar fora é necessário escolher um lugar que permite isso.
  

3. Entenda suas limitações financeiras.

   Mantenha sempre os pés no chão. Veja como está a sua condição financeira e quanto está disposto(a) a gastar nessa experiência. Vale a pena analisar se não vale mais a pena fazer um mês de intercâmbio. Ou até mesmo cortar alguns países que o custo de vida é muito alto. Fazer um bom planejamento e contratar uma empresa de qualidade evitará custos desnecessários.
  

4. Vantagens e desvantagens.

   Entender sobre os lugares que estão na sua lista é algo que ajuda muito. Coloque o ponto positivo de cada uma, alguns países oferecem estímulos, quais são mais baratos, na Europa é possível conhecer vários países e assim vai. Mas não esqueça dos pontos negativos também.
  

5. Escolha um lugar que tenha a ver com você.

   As características de cada País também merecem atenção, e o perfil do aluno é o mais importante na hora da escolha. Se você gosta de frio é possível que se dê bem na Inglaterra, Irlanda e Canadá. Mas para aqueles que gostam mais de praia, assim como eu, uma boa escolha seria Austrália, Nova Zelândia e alguns lugares do EUA. Além disso também é necessário levar o gosto de lazer, é mais balada e festas? Então uma cidade grande ou em centros universitários seja uma ótima pedida. Ou você prefere um contato maior com a natureza? Alguns lugares da Nova Zelândia oferecem lugares incríveis.
  

   Os destinos mais escolhidos são Canadá, seguido por Estados Unidos, Inglaterra, Irlanda e Austrália. Mas existem pessoas que gostam de variar e África do Sul, Malta e países da América do Sul são ótimas pedidas. Eu mesma fiz um dos meus intercâmbio para o Havaí, e é maravilhoso.

gostou do conteúdo?

dê sua opinião ou deixe sua dúvida!

Ao enviar seu comentario, está concordando com a Política de Privacidade do blog.

22 comentários

Veja mais comentários:
1 2

Faça sua busca!