Comece a ganhar
dinheiro com o seu blog

Adquira agora mesmo sua independência financeira
e trabalhe de onde quiser!

Eu quero!
Loading

Empreendedorismo feminino: conheça as tendências para 2022

Por Gabriela Valle, em

Falar sobre empreendedorismo feminino, é falar sobre uma tendência que vai muito além dos próximos anos. Afinal, ele não representa apenas o crescimento na esfera de negócios, como o empoderamento das mulheres em um ambiente ainda muito masculino.

Por isso, é muito importante falar sobre o tema e mostrar a cada vez mais mulheres, que o sonho de empreender pode ser realizado, ainda que o caminho seja longo.

Hoje vamos falar um pouquinho melhor sobre empreendedorismo feminino e quais vão ser as maiores tendências para o mercado de 2022.

Continue com a leitura para ficar por dentro de tudo!

O que é empreendedorismo feminino?

Quando falamos sobre empreendedorismo feminino, falamos sobre negócios comandados e idealizados por mulheres.

Podemos caracterizar todos os tipos de cargos e negócios com presença feminina de destaque, que vão desde posições de gerência em empresas à empreendimentos próprios de todos os portes e nichos.

De acordo com o SEBRAE, o número de mulheres microempreendedoras individuais (MEI) é de 48%, enquanto as que ocupam cargos gerenciais ainda são baixos, cerca de 37,4%, de acordo com o IBGE.

Isso significa, que o crescimento dos números é visível, mas que ainda há muito chão a ser percorrido por todas nós.

É importante lembrar ainda, que o empreendedorismo feminino não se resume a nichos específicos, como beleza, por exemplo.

O perfil empreendedor pode estar em qualquer lugar, até mesmo em carreiras e nichos que são muito mais masculinos, como é o caso de tecnologia, entre tantos outros.

Por que o empreendedorismo feminino é tão importante?

O empreendedorismo feminino tem papel importante e fundamental para a sociedade, pois tem a proposta de reduzir as diferenças entre oportunidades de carreiras para mulheres e homens, favorecendo também novas ideias e perspectivas.

Diferentemente do que muita gente pensa, nós mulheres somos muito mais capazes de apresentar as tão valorizadas soft skills, que nada mais são, do que competências relacionadas ao comportamento e a habilidade de lidar com certas situações com flexibilidade e menos impusividade.

Tudo isso, juntamente com o desejo de superação, transforma nossa presença em algo que pode trazer grandes resultados.

Então, por que não usar tudo isso a nosso favor, com nossos ideais em empreendimentos próprios?

Tendências para o empreendedorismo feminino em 2022

Existem diferentes perfis de empreendedores, em todos os gêneros. É possível ser um excelente funcionário, sem nenhum interesse em criar o próprio negócio.

Mas, se estamos falando sobre protagonismo feminino, empoderamento e coragem de tomar grandes frentes, por que não dedicar todas as nossas energias em algo que tenha verdadeiramente a nossa cara?

Pensando nisso, nós decidimos trazer um pouco das novas tendências para os próximos anos e algumas ideias de negócios que podem surgir a partir daí:

1. Nomadismo digital

Uma das profissões que mais têm ganho destaque recentemente, principalmente depois do começo da pandemia, é o nomadismo digital.

Um nomade digital é o profissional que tem a liberdade de trabalhar onde quiser, sem necessidade de estar presente em um escritório ou intituição.

Existem milhares de maneiras de se tornar um profissional dessa categoria, mas a regra simples, é: ter uma boa internet, um computador e uma área de atuação que permita o trabalho remoto.

A partir daí, é possível trabalhar em qualquer lugar do mundo e da maneira que for melhor, seja através de contratos, freelas ou como preferir.

Aqui no Bloga.ai, nós já falamos um pouquinho sobre essa nova profissão e quais são os 9 países que oferecem visto para a categoria. Clique aqui e confira.

2. Empreendedorismo com sustentabilidade

Há uma grande preocupação, que vem crescendo com o tempo, sobre o impacto que as atividades humanas têm causado ao meio ambiente.

A partir de um empreendedorismo sustentável é possível criar novos serviços e produtos que sejam mais acessíveis, ecológicos e eficientes.

Para ter uma ideia mais ampla das possibilidades, você pode se basear no conceito de empreendedorismo sustentável criado pela ONU que tem a meta de atingir 17 objetivos até 2030 através de uma agenda mundial. Entre os exemplos, podemos citar:

  • Garantia de saúde a todos.
  • Combate às mudanças climáticas.
  • Educação.
  • Bem-estar.
  • Igualdade de gênero.
  • Produção e consumo conscientes.
  • Etc.

3. Educação remota

A procura por cursos de todos os tipos durante a pandemia em formato EAD cresceu consideravelmente, e claro, se tornou uma das maiores tendências para os próximos anos.

Se antigamente as previsões eram de necessidade de adaptação à realidade virtual do ensino ao longo dos anos, a realidade atual transformou a mudança em uma obrigação.

A grande oportunidade fica por conta das pessoas que gostam de trabalhar com educação e querem ter um bom alcance, que só a Internet é capaz de proporcionar com custos reduzidos e possibilidade de bom retorno financeiro e de eficiência também.

Há espaço para todos os tipos de cursos, consultorias, mentorias, eventos, materiais com conteúdo. Tudo pode ser ensinado de alguma maneira. Afinal, todas nós podemos receber e repassar conhecimento.

Existem profissionais que já optam por trabalhar de maneira remota graças a vantagens, como:

  • Autonomia.
  • Grande alcance, que fisicamente jamais seria possível.
  • Maior chance de crescimento e até mesmo de mudanças e adaptações de acordo com o mercado, sem que o trabalho seja comprometido.
  • Maior lucro.
  • Menor investimento.
  • Possibilidade de trabalhar de qualquer lugar do mundo e com os próprios horários.
  • Sem teto de ganhos.
  • Etc.

Como aplicar as novas tendências de empreendedorismo na prática?

Como as tendências citadas acima podem ser muito amplas, decidimos trazer também algumas ideias mais práticas, que podem facilmente ser aplicadas junto com o que já falamos por aqui.

Entre as opções de negócios que podem ser colocadas em prática e que funcionam muito bem em qualquer uma das tendências anteriores, podemos citar:

1. Infoprodutos

Infoprodutos são todos os produtos que são disponibilizados em meio digital, como e-books, audiobooks, cursos, materiais, etc.

Você pode criar o seu próprio curso, vender sua arte, ensinar como fazer alguma coisa, escrever livros, entre tantas outras milhares de opções.

2. Marketing de afiliados

O marketing de afiliados é um mundo à parte, e aqui no Bloga aí, você pode encontrar muitos conteúdos direcionados sobre esse tema.

Através dele, você se torna um afiliado, que é basicamente uma pessoa responsável por divulgar um link de algum produto (físico ou digital) e receber comissão pela venda realizada.

Você pode criar sua própria empresa de divulgação de produtos, pode criar perfis em redes sociais que divulguem determinados produtos, pode usar seu blog ou sua rede para divulgar algo que faça sentido para você, etc.

Entre as marcas que permitem esse tipo de parceria, existem grandes empresas, como Saraiva, Amazon, Shein, Hotmart (cada curso tem sua comissão e regra), etc.

3. Blog

Blogs são um grande sucesso desde quando foram criados. Com eles, é possível informar pessoas, escrever sobre assuntos que te agradam, oferecer seus produtos/serviços, alcançar um número grande de pessoas com seu conteúdo, entre muitas outras possibilidade.

Clicando aqui, você será redirecionada a um artigo completo e atualizado sobre como ganhar dinheiro com blog.

4. Loja virtual

Lojas virtuais podem ser criadas por pessoas com pouco ou até nenhum conhecimento de programação.

Com empresas, como Nuvemshop e Shopify, você pode transformar seu sonho de empreender em algo real, com a sua cara e com um investimento muito menor do que teria em uma loja física.

Com o crescimento das compras online, os e-commerces têm crescido consideravelmente e alcançado resultados incríveis em todos os tipos de nichos.

Vale a pena investir em empreendedorismo feminino?

Se você é mulher e tem o sonho de empreender, não deixe que os medos e as dúvidas te impeçam de alcançar seus maiores objetivos.

Com um passo de cada vez, é possível estudar sobre temas e possibilidades até que um passo mais concreto, como dar início ao negócio possa acontecer.

O mais importante é começar, e se você sente esse desejo, é porque é capaz de transformar a sua ideia em um bom negócio.

E, entre as muitas promessas de tendências para 2022 em empreendedorismo feminino, por aqui, vimos:

  1. Nomadismo digital.
  2. Empreendedorismo com sustentabilidade.
  3. Educação remota.

Além disso, também falamos sobre como aplicar, na prática, essas tendências através de:

  1. Infoprodutos.
  2. Marketing de afiliados.
  3. Blog.
  4. Loja virtual.

Para você, qual é a maior tendência para o empreendedorismo feminino em 2022?

gostou do conteúdo?

dê sua opinião ou deixe sua dúvida!

2 comentários

Faça sua busca!