Comece a ganhar
dinheiro com o seu blog

Adquira agora mesmo sua independência financeira
e trabalhe de onde quiser!

Eu quero!
Loading

Como criar um blog profissional do zero – o guia completo

Por Bárbara Nassar, em

Este post contém links de afiliados parceiros do blog

Como criar um blog profissional no wordpress do zero - o guia completo

Para você que já está se perguntando: ainda é possível ganhar dinheiro com blog!

Desde 2004 venho criando blogs e ajudando blogueiras a ganharem dinheiro na internet – e também irei ajudar você! Eu sei que começar um blog pode parecer complicado, mas não se preocupe, este guia é indicado até mesmo para quem não possui muito conhecimento.

Vale destacar que não comecei a ganhar dinheiro com o blog da noite para o dia. Cometi muitos erros, e inclusive sei o quanto é frustrante se esforçar tanto e não obter os resultados esperados.

Portanto, continue lendo se você quiser aprender as etapas iniciais de como criar um blog profissional no wordpress do zero:

  1. O que é um blog
  2. Como escolher o seu nicho ideal
  3. Qual plataforma devo criar o meu blog
  4. Como criar um blog no WordPress
  5. Customize o seu blog WordPress
  6. Aumente o tráfego do seu blog
  7. Monetize o seu blog

1. O que é um blog.

O blog é uma ferramenta de comunicação, similar a um website. Uma de suas principais características as páginas constantemente atualizadas, também chamadas de posts.

Inicialmente o blog era utilizado como diário online. A evolução da plataforma ao longo dos anos permitiu a criação de diversos tipos de blogs. Atualmente é muito utilizado em diversos nichos, inclusive para aumentar os lucros de grandes empresas.

Ainda vale a pena criar um blog em 2019?

Pensar em criar um blog agora não significa que você não conseguirá ganhar dinheiro com ele, pelo contrário. Com planejamento e uso das estratégias corretas, é possível criar um blog profissional e rentável.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o mercado não está saturado!

Alguns motivos do porque ainda vale a pena criar um blog:

  • Os leitores gostam de ter várias opções de blogs dentro de um mesmo nicho;
  • Os blogs estão constantemente evoluindo;
  • Existe diversas formas de monetização.

Como o blog pode te ajudar a ganhar dinheiro.

O blog é uma ferramenta com alto potencial para lhe ajudar a alcançar independência financeira, flexibilidade e liberdade para trabalhar de onde quiser.

Através do planejamento e criação de um blog + posts de alta qualidade, você se tornará uma especialista no seu nicho de mercado. O qual resultará em leitores engajados que estarão interessados nas suas dicas.

Após um fluxo constante de tráfego, é possível monetizar o blog de diversas maneiras, seja vendendo produto, ganhando comissões, propagandas e entre outras.

Vale lembrar que ser empreendedor requer comprometimento. Uma vez que você inicia o seu blog, é preciso muito esforço para mantê-lo, até mesmo nos tempos difíceis.

2. Saiba escolher o seu nicho ideal.

Nicho se refere a área de atuação do seu negócio, ou seja, é o seguimento com o qual o seu blog abordará.

É uma das etapas mais importantes, já que sua marca irá girar em torno do seu nicho.

Alguns blogs fazem sucesso falando sobre diversos assuntos, mas tenha em mente que eles são exceção. Muitos deles bombaram no início da blogosfera, onde a concorrência era pouca e não se sabia muito sobre ganhar dinheiro com blog.

Blogueiras que estão começando podem ter muito mais sucesso começando com um blog nichado.

Você pode incluir futuramente, se quiser, assuntos que estejam relacionados de alguma forma.

Abaixo escrevi três etapas para te auxiliar nesta escolha:

Etapa 1: Escolha um tema que você goste

Ao se tornar empreendedor você irá dedicar grande parte do seu tempo e energia ao seu negócio. Você precisa ser apaixonada pelo o que irá escrever, caso contrário sua motivação irá diminuir.

Quando você encontra um nicho que você é apaixonada, você se sentirá realizada com o seu trabalho.

Etapa 2: Analise a quantidade de pessoas interessadas no seu tema

Para o seu blog dar certo, tem que existir pessoas interessadas sobre o que você irá escrever em seu blog.

Lembre-se que blogs são criados para resolver problemas.

Através do planejador do Google, é possível visualizar quantas pessoas buscam mensalmente por um determinado termo.

Como escolher um nicho rentável para o blog

Para testar a ferramenta, continuei com o exemplo de receitas veganas:

  1. Na parte de busca digitei “receitas veganas”
  2. Disponibilizará informações referente ao volume de pesquisa e concorrência
  3. Abaixo a ferramenta disponibilizará uma lista de sugestões de palavras-chave

Etapa 3: Observe a concorrência

O que você faz melhor do que a concorrência?

Você obrigatoriamente precisa ter uma força (strength) que o diferencie dos outros blogs do mesmo nicho, ou nichos similares.

Além disto, aproveite o planejador do Google citado anteriormente, para saber se existem muitos outros concorrentes neste nicho, ou não.

3. Qual plataforma devo criar o meu blog.

Existem várias ferramentas de criação de blogs no mercado, cada uma com seus pontos positivos e negativos.

O principal fator que influência no sucesso do seu blog é você!

Porém, uma boa plataforma pode te ajudar a alcançar o sucesso com mais facilidade. Por isso é essencial entender os pontos fortes e fracos de cada uma.

Perguntas frequentes

É possível criar um blog grátis?
Sem dúvida, existem algumas plataformas boas e gratuitas, como é o caso do Blogger.

Vale a pena?
Apesar de existirem plataformas gratuitas, não recomendo elas para quem quer ganhar dinheiro com o blog por três motivos:

  1. oferecerem funcionalidades básicas quando refere-se a SEO e limitadas para quem não possui conhecimentos em HTML
  2. você estará vulnerável a qualquer mudança realizada na plataforma, como frequentemente acontece no Instagram e inclusive gera um grande número de reclamações
  3. quando hospedado em uma plataforma gratuita o blog não é seu, podendo ser deletado a qualquer momento. E você está de total acordo com isto a partir do momento em que aceita os termos de uso do site. Já se imaginou começar a ganhar R$ 2.000 por mês com o blog, depois de um ano de dedicação, e simplesmente perder tudo?

Recomendo iniciar com plataformas gratuitas em três situações:

  • Quando quer criar o blog apenas por hobby;
  • Quando não você sabe se gostaria de ter o blog como fonte de renda;
  • Quando não tem condições financeiras de investir cerca de R$ 20,00 por mês no seu negócio.

Caso você opte por plataformas gratuitas recomendo ler os Termos de Serviço e a Política de conteúdo da empresa.

Qual plataforma eu recomendo?
Se você tem em mente que quer criar um blog profissional e deseja ganhar dinheiro, recomendo a criação do blog no wordpress.org, uma das ferramentas mais eficazes para a criação de blogs e sites.

Você não é obrigado a usar essa plataforma para crescer, mas não é por acaso que a imensa maioria dos blogueiros profissionais a escolhe.

Em relação a todos os sistemas de gerenciamento de conteúdo, o uso do WordPress é de aproximadamente 60%, ou seja, o CMS mais popular do mundo!

O WordPress.org é fácil de se usar?
Oferece um painel com muitas funcionalidades que, apesar de ser fácil de configurar, pode parecer confuso para quem está começando. Porém com a prática torna-se uma ferramenta muito fácil de se usar.

Para quem tem dificuldade com tecnologia, recomendo ter calma. Ao trabalhar com blog você sempre terá que aprender a utilizar novas plataformas sempre. Ter paciência e vontade de aprender é uma característica IMPRESCINDÍVEL para quem trabalha nesta área.

Quando eu não recomendo o WordPress
Quando você já tem um blog em alguma hospedagem gratuita e sua fonte de renda depende totalmente do AdSense.

Ao migrar o seu blog para outra plataforma, você provavelmente irá perder alguns acessos caso a maior parte do seu tráfego venha através de motores de busca, como por exemplo o Google. Isto porque eles poderão demorar um tempo para entender que houve esta mudança.

Por conta disto você sentirá uma queda nos ganhos nos primeiros meses, é normal.

O problema é quando você depende totalmente da sua renda do Google Adsense para pagar suas contas.

Existem profissionais que fazem essa transição, com redirecionamentos corretos para isto não acontecer. Basta você entender se vale a pena este investimento ou não.

Por isto que as vezes é melhor já começar com o WordPress, para não ter esta dor de cabeça no futuro. Ou realizar a migração antes do blog começar a ter grandes rendimentos.

Mas afinal, o que é o WordPress.org:

WordPress permite que qualquer pessoa, mesmo sem conhecimentos técnicos, consiga criar, publicar e administrar um site.

Mas antes de começar o passo a passo, preciso destacar que existem dois tipos de WordPress, e apesar dos nomes serem parecidos, eles são totalmente diferentes, o WordPress.com e o WordPress.org.

WordPress.com:
hospedagem gratuita, porém com funcionalidade bastante limitadas. Oferece alguns planos de pagamento para poder utilizar alguns recursos – não recomendo para a criação

WordPress.org:
ferramenta que você instala na sua hospedagem própria. Oferece inúmeras funcionalidades para a criação de um blog, e por isto é a minha ferramenta favorita

O WordPress.org é gratuito?
Sim, o WordPress é grátis. No entanto, para utilizar o WordPress é obrigatório ter domínio próprio e contratar uma hospedagem – abaixo ensinarei o passo a passo para adquirir e configurar ambos.

Por isso que, apesar de ser uma ferramenta gratuita, você terá que ter um gasto de cerca de R$ 20,00 por mês, com domínio e hospedagem, para poder utilizá-lo.

Caso você esteja achando o valor alto, lembre-se:

O fato é que ter a sua própria empresa envolve riscos, mas se você não acredita nela a ponto de investir nela, quem irá?

Recapitulando, alguns benefícios de se usar o wordpress.org

  • Fácil otimização para mecanismos de busca (SEO);
  • Não precisa ter muito conhecimento em HTML;
  • Milhares de funcionalidades fáceis de instalar (plugins);
  • O blog é totalmente seu;

4. Como criar um blog no WordPress em quatro passos.

Parabéns, você está prestes a dar um passo muito importante.

Não se preocupe caso esteja ansiosa, ainda tem tempo para você começar a criar um blog, e você não está sozinha nesta!

Aproveite o tutorial abaixo de como criar um blog no WordPress:

1. Escolha o nome e URL do seu blog
Como escolher o nome:

A escolha do nome é um passo muito importante, pois este será a marca da sua empresa, vai ser por ele que suas leitoras irão reconhecer o seu trabalho.

A escolha precisa ser feita com cuidado.

Para auxiliar vocês, escrevi algumas dicas:

  • Descritivo: auxilia os leitores a identificar sobre o nicho do seu blog apenas olhando o nome
  • Fácil de memorizar: faz com que os leitores lembrem do seu blog com mais facilidade

* lembrando que não é regra, são apenas dicas para te auxiliar caso esteja com dúvida na criação do nome.

Verifique se o domínio está disponível:

Domínio é o endereço URL que serve para localizar o seu blog na internet, geralmente composto pelo: nome do seu blog + extensão. Sendo as extensão mais comuns no Brasil a .com e a .com.br.

Vale lembrar que não é possível inserir espaços no nome, por tanto “Love is Colorful” se torna loveiscolorful.com.

Confira se o domínio que você tem em mente está disponível:

Caso o nome não esteja disponível, recomendo tentar fazer algumas alterações na URL:

  • Tente extensões diferentes: .net, .site, .me
  • Insira hífen entre as palavras: love-colorful.com
2. Adquira domínio + hospedagem
O que é hospedagem:

Após a escolha do URL na etapa anterior, é hora de realizar a compra do domínio e hospedagem.

Hospedagem é o serviço responsável por manter o seu blog disponível 24 horas por dia. Além disto, ele é o responsável por armazenar todo o conteúdo – textos, fotos, comentários e entre outros.

Ou seja, investir em uma empresa de hospedagem de qualidade é essencial para que o seu blog funcione corretamente e para que permaneça no ar.

Ao procurar por serviços de hospedagem, você encontrará alguns tipos, entre eles as mais comuns são:

  • Hospedagem compartilhada: um servidor compartilhado entre vários blogs – custo baixo
  • Hospedagem WordPress: um servidor compartilhado e otimizado pra o WordPress – custo baixo
  • Servidor dedicado: um servidor exclusivo para o seu blog – alto custo
  • Servidor nas nuvens: diversos servidores virtuais para o seu blog – médio custo

Para quem está começando a criar um blog WordPress, não recomendo serviços caríssimos de hospedagem.

Neste começo recomendo a hospedagem compartilhada, e conforme o crescimento do seu blog você pode pensar em migrar para um servidor dedicado ou na nuvem.

Qual empresa de hospedagem escolher?

Poucas empresas no Brasil prestam um serviço de qualidade e preço acessível. Atualmente recomendo:

  • Hostgator – link de afiliado
    Empresa com ótimo custo/benefício na minha opinião – oferece preços extremamente acessíveis para quem quer contratar o serviço a longo prazo. O atendimento por ticket demora para serem respondido, mas via chat é excelente
    Cupom de desconto + domínio grátis no primeiro ano
2.1. Como comprar a hospedagem na Hostgator
Qual plano da Hostgator escolher?

A Hostgator oferece três opções de pacotes para hospedagens, o plano P é uma ótima opção para blogs iniciantes/intermediários.

O plano P possuí diversas vantagens, inclusive certificado SSL (essencial para o SEO do blog), por apenas R$ 21,99 por mês.

Como funciona o ciclo do pagamento?

A Hostgator oferece quatro opções de ciclo de pagamento:

  • Mensal: pagamento feito todo mês
  • Trimestral: pagamento feito de três em três meses
  • Semestral: pagamento feito de seis em seis meses
  • Anual: pagamento feito uma vez por ano
  • Bienal: pagamento feito uma vez em dois anos
  • Trienal: pagamento feito uma vez em três anos

Lembrando que a Hostgator permite aplicar o desconto de 60% apenas a partir do plano anual, e ele é aplicado somente no primeiro ciclo do pagamento da hospedagem, no momento da renovação o valor é cobrado integralmente.

Ou seja, caso você escolha o ciclo anual apenas o primeiro ano terá o desconto de 60%.

Simulação de valores pagos por um período de 1 ano:

Plano P (ciclo mensal):
pagamento feito todo mês
total R$ 263,88 por ano
Plano P (ciclo anual):
pagamento feito por ano
total R$ 76,75 no ano
renovação: R$ 191,88

* preço inclui o domínio apenas no primeiro ano a partir do plano anual, o valor de renovação varia de acordo com a terminação (.com.br, .com e entre outros), mas em média é R$ 44,99 por ano.

Poderei mudar o plano no futuro?

Caso queira mudar para o plano M no futuro, basta entrar em contato com a hospedagem e pedir o upgrade.

Será informado a diferença de valor que você deverá pagar para que o processo seja completado.

Como funciona caso queira realizar o cancelamento?

Caso esteja dentro do prazo, será devolvido o valor da hospedagem escolhida, porém o valor do domínio será descontado. Isto porque o domínio é gratuito apenas com a aquisição da hospedagem.

O reembolso do domínio não pode ser feito, porque a empresa não é a responsável pelo registro.

No caso de domínio brasileiros, a responsável é a Registro.br, a Hostgator funciona apenas como facilitadora para você não ter trabalho.

1. Clique aqui para acessar a página da Hostgator com o desconto de 50%, escolha o ciclo de pagamento no plano P e aperte “Contrate agora”.
Guia completo: como criar um blog
2. Informe o domínio que deseja comprar – caso você já tenha um domínio próprio, selecione a opção “vou usar um domínio já existente”.
Guia completo: como criar um blog
3. Preencha seus dados pessoais e informações sobre o pagamento.
Guia completo: como criar um blog
4. Confira as informações – o cupom de desconto é validado apenas após o preenchimento do e-mail nos dados pessoais (etapa três).
Guia completo: como criar um blog

Após a confirmação de pagamento da hospedagem, será enviado um e-mail com informações técnicas sobre a sua hospedagem. Guarde-o.

Você já tem domínio próprio?

Caso você tenha comprado o seu domínio em outro site que não seja a Hostgator, será necessário fazer a alteração no nameserver. Mas não se preocupe, o processo é super simples e rápido

  1. Acesse o site responsável pelo seu domínio
  2. Selecione o domínio que você quer alterar
  3. Selecione para alterar o nameserver ou DNS
  4. Altere as informações do nameserver 1 e 2 de acordo que foi enviado para o seu e-mail após a compra da hospedagem. Será algo parecido com:
    • Nameserver 1: ns.hostgator.com.br
    • Nameserver 2: ns.hostgator.com.br

Vale lembrar: após isso é só esperar a alteração ser feita. O processo pode demorar até 24 horas.

3. Ative o SSL
O que é certificado SSL:

Na internet há ataques realizados constantemente por hackers, seja em grandes sites ou em blogs. O certificado SSL é importante, pois reduz drasticamente as chances das informações dos seus leitores serem hackeadas.

Além disto, os algoritmos do Google já estão priorizando no seu sistema de busca sites e blog que possuem SSL.

O SSL é oferecido gratuitamente em ambas as hospedagem, na Hostgator deve ser ativada em até 30 dias após a compra da hospedagem.

Na Nuvem Hospedagem basta abrir um ticket fazendo um pedido para a instalação do SSL gratuito. Na Hostgator também é a equipe que faz, mas para isso você precisa fazer o requerimento no site. Confira o passo a passo abaixo:

1. Em sua Área do Cliente, clique na hospedagem que você deseja instalar o certificado SSL.
Guia completo: como criar um blog
2. No painel chamado Certificado SSL, clique em “Solicitar” – quando você já tiver solicitado alguma vez o certificado, aparecerá escrito “Gerenciar”.
Guia completo: como criar um blog
3. Você visualizará todas as opções disponíveis de SSL, escolha a opção SSL Free (SSL Gratuito) clicando em “Solicitar”.
Guia completo: como criar um blog
4. Escolha o domínio que deseja realizar a instalação – basta selecioná-lo na lista de opções do menu
Guia completo: como criar um blog
5. Preencha todos os campos disponíveis, e para finalizar clique em em “Enviar” – caso não tenha uma empresa, no campo “Nome da Empresa” escreva o seu nome pessoal.
Guia completo: como criar um blog
6. O prazo para instalação é de até 48 horas, você poderá acompanhar o status do processo de instalação no seu painel.
4. Como instalar o WordPress
Instalação em 5 minutos:

Após a compra do domínio/hospedagem e a configuração do SSL, ensinados nos passos anteriores, chegou o momento de instalar o WordPress.

A instalação é super fácil de se fazer e não é necessário nenhum conhecimento técnico, já que os servidores da HostGator disponibiliza um instalador. Basta acompanhar o passo a passo abaixo:

1. Acesse o cPanel de sua hospedagem, na seção Software clique em “Softaculous Apps Installer”

Para acessar o cpanel basta acessar www.seudomínio.com.br/cpanel e fazer login com o seu usuário e senha que foi enviado por e-mail pela Hostgator após a compra da hospedagem.
Guia completo: como criar um blog

2. Na página do instalador, aparecerá escrito “WordPress”, selecione a opção “Install”.
Guia completo: como criar um blog
3. Após isto, preencha os campos do formulário e clique em “Instalar” – abaixo disponibilizei uma explicação sobre cada campo.
Guia completo: como criar um blog
  1. Choose Protocol: escolha a opção HTTPS:// (ela não estará liberada caso você não tenha feito a instalação do certificado SSL
  2. Seleccione Dominio: selecione em qual domínio deseja fazer a instalação do WordPress
  3. Directório: deixe este campo em branco
  4. Site Name: nome do seu blog
  5. Site Description: descrição do seu blog
  6. Enable Multisite (WPMU): ativa a opção de utilizar o WordPress em multisites (recomendado para quem sem vários sites ou blogs no WordPress)
  7. Admin Username: nome de acesso ao WordPress
  8. Admin Password: senha de acesso ao WordPress
  9. Admin Email: e-mail de quem será o administrador do blog
  10. Email installation details to: e-mail que irá receber a confirmação da instalação
  11. Select Theme: você pode escolher algum layout, ou deixar para fazer isso a após a instalação
4. O seu WordPress foi instalado com sucesso – para acessar o seu painel do WordPress, basta acessar o link enviado no seu e-mail, ou www.seudomínio.com.br/wp-admin.
Dúvida – como entrar em contato com a Hostgator
Estou com dúvidas na instalação ou outro processo:

Além de oferecer vários tutoriais com informações e dicas para viabilizar seu blog, a empresa também oferece contato via chat.

Particularmente prefiro utilizar o contato via chat, pois converso com um técnico em tempo real que me auxilia na resolução do problema. Além disto, é super fácil e rápido obter este tipo de suporte:

  1. Acesse a área do site de suporte da Hostgator
  2. Na opção “Atendimento Online“, selecione “Iniciar Chat
  3. Escolha o tipo de suporte que necessita “técnico” ou “financeiro
  4. Selecione o motivo do seu contato – inclusive existe uma opção justamente para quem está nos primeiros passos
WordPress para iniciantes: primeiros passos e dicas

Tem alguma dúvida sobre o processo de instalação na Hostgator ou na Nuvem Hospedagem?
Entre em contato comigo por e-mail barbara@bloga.ai.

5. Customize o seu blog WordPress.

Como falado anteriormente, o WordPress possui várias funcionalidades.

Escrevi um passo a passo a abaixo, de como configurar as principais funções da plataforma.

1. Como acessar o painel do WordPress
Ao finalizar a instalação corretamente do WordPress, você terá acesso ao painel da plataforma. Para acessá-lo é simples:

  1. No browser digite o domínio do seu blog + /wpadmin
  2. Preencha com o usuário e senha que você criou no CPanel
  3. Selecione o botão “Acessar
Tutorial completo WordPress.org: como instalar e dar os primeiros passos

No painel de controle do WordPress você terá acesso a todas a ferramentas para a criação do conteúdo, alteração do seu layout e entre outras.

A quantidade de funcionalidades e configurações é muito maior comparada a uma hospedagem gratuita, por conta disto pode parecer confuso no início, mas não se preocupe.

Tutorial completo WordPress.org: como instalar e dar os primeiros passos

Posts: gerenciamento dos posts – escreva, agende, altere e delete
Páginas: criação de páginas estáticas – contato, sobre mim e entre outras
Comentários: moderação de todos os comentários
Aparência: responsável pela parte visual do blog – alteração e configuração de tema
Plugins: recursos para turbinar o blog
Configurações: título do blog, idioma, fuso horário, formado da data/horário

2. Como fazer as configurações iniciais
Após a instalação do WordPress, recomendo verificar se as configurações padrão da plataforma estão de acordo com a sua necessidade.

No menu lateral, ao clicar em configurações, você terá acesso a todas as informações principais. As principais alterações são feitas nas abas: Geral e Links Permanentes.

Configuração geral:

No painel de configuração geral é possível fazer as alterações mais básicas do seu blog, dentre elas, as principais são:

  • Título e descrição do blog
  • Endereço de e-mail para receber as notificações
  • Idioma
  • Fuso horário
  • Formato da data
  • Formato da hora
Tutorial completo WordPress.org: como instalar e dar os primeiros passos

Configuração dos links permanentes:

Os buscadores do Google utilizam o conteúdo do seu blog para ranqueá-lo da forma mais eficiente possível. E a URL utilizada em páginas internas e posts também é levada em conta.

Na escolha da estrutura fuja das opções numerais, e dê preferência por opções que constem o nome do seu post. Recomendo a configuração abaixo:

  • /%category%/%postname%/

Essa escolha precisa ser analisada com calma, pois apesar dos links permanentes poderem ser alterados a qualquer momento, isso prejudicará o seu histórico dentro dos buscadores.

Tutorial completo WordPress.org: como instalar e dar os primeiros passos
3. Como instalar um novo layout
Escolha um tema:

Investir em layout não só ajuda a fortalecer a sua marca, mas também a usabilidade.

Vale lembrar que os leitores buscam ter uma boa experiência em qualquer blog que visitam. Além disso, deve ser visto como uma ferramenta de marketing, capaz de impulsionar as suas vendas

A escolha de um layout gratuito tem um custo/benefício excelente para quem está começando, levando em conta que o WordPress.org possui mais de 3.000 layouts grátis apenas em seu repositório. Sem dúvida vale muito a pena começar com um.

Porém, quando possível recomendo o investimento em um layout. Desta maneira é possível obter mais possibilidades de personalização para atender as nossas necessidades e suporte via e-mail – na maioria dos casos.

Abaixo alguns layouts disponíveis no Creative Market:

Passo a passo da instalação:

Após a escolha do tema será disponibilizado para download um arquivo .zip, este será usado para fazer a instalação.

  1. No menu da esquerda passe o mouse em “aparências
  2. Selecione a opção “tema
  3. No topo da página aperte o botão “enviar tema
  4. Faça o download do tema que baixou
  5. Selecionei o botão “instalar agora
  6. Para finalizar clique em ativar que aparecerá na tela
Tutorial completo WordPress.org: como instalar e dar os primeiros passos
4. Como configurar o seu layout
Após a instalação, você pode alterar o seu layout na opção personalizar que também aparece na opção aparências do menu lateral. Nele será possível alterar cor e tamanho da fonte, efeitos, sidebar, rodapé e entre outros.

Tutorial completo WordPress.org: como instalar e dar os primeiros passos
5. Como instalar um plugin
Uma das principais vantagens do WordPress é a simples instalação de plugins através do painel de controle.

Estes são complementos que agregam ou modificam funcionalidades em um blog, sem necessitar o conhecimento em programação, basta instalar o plugin que atenda as suas necessidades. A instalação é feita em apenas alguns minutos:

  1. No painel do WordPres passe o mouse pela área “Plugins
  2. Selecione a opção “Adicionar novo
  3. Digite o nome do plugin que está buscando
  4. Depois de encontrá-lo selecione “Instalar agora
  5. Para finalizar selecione “Ativar

Tutorial completo WordPress.org: como instalar e dar os primeiros passos

6. Quais plugins instalar
Yoast SEO:

O plugin de SEO mais conhecido do WordPress é, sem dúvidas, o Yoast SEO. O plugin oferece vários recursos que irão te auxiliar da melhor maneira possível na otimização dos seus artigos para que os mesmos tenham um bom posicionamento nos mecanismos de busca.

Além disso, a ferramenta também alerta para alguns erros no seu blog que poderiam prejudicar os seus rankings, sitemaps XML, redirecionamento 301 e muito mais. Abaixo alguns dos recursos que a plataforma oferece para melhorias dos posts:

  • Título
  • Meta description
  • URL
  • Palavras-chave
  • Alt text
  • Número de palavras
  • Títulos, descrição e imagens para redes sociais

Avaliação média dos usuários: 5 estrelas
Instalações ativas: 5 milhões+
Confira a página do Yoast SEO

WP Super Cache:

A velocidade de carregamento do blog é um dos fatores para ranqueamento nos mecanismos de buscas, portanto não é uma coisa na qual você devaignorar. São vários pontos que influenciam no tempo de carregamento de uma página, inclusive o Google disponibiliza uma ferramenta, chamada PageSpeed Insights, onde é possível entender os pontos que precisam ser melhorados no seu blog.

Através do painel de configuração, o WP Super Cache melhora e otimiza a performance do seu website, permitindo também que seus visitantes tenham uma experiência melhor ao navegar.

Além disso, vale lembrar que um blog mal otimizado utilizará todos os recursos de sua hospedagem causando custos desnecessários, tornando o plugin ainda mais essencial.

Avaliação média dos usuários: 4,5 estrelas
Instalações ativas: 2 milhões+
Confira a página do WP Super Cache

Imagify:

Como falamos anteriormente, a velocidade do site é um fator que é levado em consideração na hora do ranking, e a otimização das imagens é uma das melhores coisas que você pode fazer para reduzir o tempo de carregamento de uma página.

O Imagify reduz drasticamente o tamanho do arquivo de imagem sem perder a qualidade, pois ele oferece algumas opções de configurações, entre elas:

  • Três níveis diferentes de compressão – mesmo na versão gratuita do plugin
  • Otimizador em massa de imagens
  • Backup das imagens originais

Avaliação média dos usuários: 4,5 estrelas
Instalações ativas: 100.000+
Confira a página do Imagify

Broken Link Checker:

Além de prejudicar a usabilidade do site, links com erro prejudicam o SEO. E conforme o blog vai possuindo mais conteúdo, fica cada vez mais difícil ter um controle de todos os links presentes.

Broken Link Checker facilita este trabalho, pois este plugin verifica todos os posts/páginas/comentários atrás de links quebrados ou imagens ausentes e te notifica por e-mail ou pelo próprio painel da ferramenta.

  • Capacidade de monitorar os links
  • Configurar quais links você deseja monitorar
  • Aplicar formatação personalizada para os links quebrados
  • Opção de evitar que os mecanismos de busca sigam links quebrados

Avaliação média dos usuários: 4 estrelas
Instalações ativas: 600,000+
Confira a página do Broken Link Checker

7. Como publicar um post no WordPress
No menu lateral do painel do WordPress, também é possível encontrar a opção “Posts“. Nela é possível visualizar todos os posts, adicionar um novo, organizar as categorias e tags.

Para criar um post no blog basta:

Tutorial completo WordPress.org: como instalar e dar os primeiros passos
  1. Preencha o título do post
  2. Área para escrever o conteúdo do artigo
  3. Configurações de SEO (disponível apenas com a instalação do SEO by Yoast)
  4. Escolha da categoria do post
  5. Escreva as palavras-chaves otimizadas para SEO
  6. Escolha a imagem que aparecerá em destaque
  7. Agendar ou publicar a publicação

6. Faça conteúdo de qualidade regularmente.

Criar artigos de qualidade são essenciais para promover o engajamento com a sua marca e fazer com que os seus leitores voltem mais vezes.

Além de gerar uma maior credibilidade, o que incentivará o leitor a consumir algum produto/serviço que você possa vir a indicar ou oferecer.

Algumas dicas para criação de posts com qualidade:

  • Pense em sua persona: quando for escrever um post analise o que agrada o seu público
  • Escreva com autoridade: não somente atraia a atenção, mas também respeito e confiança
  • Tenha um calendário editorial: falta de planejamento é listada como a principal causa para uma empresa não dar certo

7. Aumente o tráfego do seu blog.

Não importa o quão bom seja o seu conteúdo, ele não será visto sem estratégias de marketing.

Abaixo selecionei algumas estratégias que irão te ajudar a trazer tráfego para o seu blog:

1. Otimize o SEO do seu blog:

O SEO é um conjunto de técnicas e estratégias de otimização, que resulta em um melhor posicionamento nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca, como Google e Bing.

Basicamente, o principal objetivo do SEO é aumentar o volume do tráfego orgânico.

Porém, para criar um site que atenda todas as necessidade dos mecanismos de busca e aparecer na primeira página, não é algo fácil e rápido. Pelo contrário, é uma tarefa que demanda muito tempo e um bom planejamento.

Existem várias métricas, e programas que te ajudam a alcançar o seu objetivo, além de acompanhar a sua evolução:

  • Google Search Console: ferramenta que mostra como o Google vê seu site;
  • Keyworldtool.io: site para encontrar palavras chaves longas para inserir nos posts;
  • Yoast SEO: plugin para Worpress.org que ajuda na configuração do SEO no blog.

2. Utilize o Pinterest:

Com algumas boas práticas, o uso da plataforma resultou em um aumento do tráfego em 30% para o Love is Colorful, em apenas dois meses. E, apesar de estar em constante crescimento no Brasil, ainda é uma ferramenta pouco explorada pelos blogs brasileiros.

O Pinterest é um mecanismo de busca com algumas características de redes social que pode resultar em um aumento significativo no tráfego do seu blog em poucos meses.

A ferramenta ultrapassa 200 milhões de usuários ativos mensalmente, um crescimento de aproximadamente 40%. Ou seja, basicamente você está perdendo MUITOS acessos caso ainda não esteja utilizando-a.

Quero aprender outras maneiras do meu blog crescer!

8. Monetize o seu blog.

Monetização é quando conseguimos gerar uma receita com um site/blog.

Seja através de anúncios, parcerias, links e entre outros. Com as ferramentas corretas e conhecimento das técnicas de monetização, será possível fazer dinheiro enquanto dorme ou viaja. Existe algo melhor?

Algumas maneiras para ganhar dinheiro com o seu blog:

  • Afiliados: você receberá um link personalizado de uma loja e para todos que efetuarem uma compra através do seu link, você receberá uma porcentagem do valor – é a maneira que mais gosto de trabalhar, e inclusive já expliquei sobre como ganhar dinheiro com marketing de afiliados.
  • Publiposts: é quando uma empresa paga para um blogueiro publicar um post sobre um determinado assunto. Normalmente é usado para indicar um serviço, produtos ou outros sites/blogs.
  • Banner: é uma imagem que fica localizado em alguma parte fixa do blog, como por exemplo o topo, a sidebar ou o footer, com link para a página do anunciante.

Quero aprender outras maneiras de monetização

Tem alguma dúvida, sugestão ou comentário? Deixe aqui nos comentários.
Ou se preferir, acesse o FAQ + participe do Grupo Guia Blogosfera no Facebook!

      Recomendações   Recomendações   Recomendações

Quer aprender mais?
Faça o passo a passo de como criar um blog no WordPress + conheça o ebook completo para você começar o seu blog!

gostou do conteúdo?

dê sua opinião ou deixe sua dúvida!

Ao enviar seu comentario, está concordando com a Política de Privacidade.

10 comentários

Faça sua busca!