Comece a ganhar
dinheiro com o seu blog

Adquira agora mesmo sua independência financeira
e trabalhe de onde quiser!

Eu quero!
Loading

Venda como afiliado sem aparecer

Por Gabriela Valle, em

Conseguir vender como afiliado sem aparecer é uma dos maiores desejos dos iniciantes, e também de muitos profissionais que não querem ter sua imagem atrelada à afiliação digital.

Estar à frente do negócio pode trazer inúmeros benefícios, como a possibilidade de oferecer empatia ao público, que se sentirá mais próximo de alguém real.

No entanto, é possível ganhar muito dinheiro como afiliado sem aparecer, da mesma maneira que uma pessoa que se expõe, ganha.

Hoje vamos falar melhor sobre algumas maneiras de como conquistar sua independência financeira sem precisar usar seu nome ou sua foto. Continue com a leitura e descubra como!

1. Crie um perfil no Instagram

O Instagram tem 1 bilhão de usuários e é a rede de maior engajamento até o momento, sendo promissora para perfis que desejam ser notados.

Então, por que não utilizar essa ferramenta como uma aliada para o seu negócio? E claro, sem ter seu rosto ou nome divulgados.

Para começar, decida qual será seu nicho e com o que você pretende trabalhar a partir dele. Se quiser uma ajudinha sobre quais são os nichos mais lucrativos para afiliados, você pode clicar aqui e conferir nosso post sobre o assunto.

A partir daí, você só precisa de um bom nome e uma logo (que tenham a ver com seu nicho, claro), que pode ser feita de maneira simples e muito bonita pelo site Canva.com.

Agora é só criar conteúdos de qualidade e postar com uma certa frequência, sem necessidade de publicar em excesso.

O ideal é fazer publicações que sejam úteis, interessantes e que conquistem sua audiência, para quando você divulgar um link de afiliado, ela se sinta atraída a conhecer e segura para comprar.

Você pode divulgar seus links nos stories, na bio e no Linktree, que permite a disponibilização de diversos links em uma única página.

Dicas para crescer no Instagram e vender como afiliado sem aparecer

Sugerimos, como dito anteriormente, que seus conteúdos sejam úteis, interessantes e usáveis pela sua audiência.

Isso significa, que você precisará se colocar no lugar dela, entendendo a fundo sobre o que ela precisa, deseja, tem medo e não consegue resolver.

Para transformar seu perfil em algo mais interessante, indicamos a utilização de fotos retiradas de bancos de imagens gratuitas, como:

  • Pexels.
  • Pixabay.
  • Unsplash.

O acréscimo de textos e elementos pode ser feito através do Canva, que disponibiliza uma infinidade de possibilidades, não somente para postagem em feed, como stories e outras redes sociais.

Para concluir as dicas, indicamos que as postagens sejam constantes, mas sempre com qualidade e que no início, você foque apenas em 1 produto do nicho escolhido.

Assim, ficará mais fácil depositar as energias para promover aquele link, e com mais experiência, você poderá associar a outros produtos da mesma área.

2. Crie um blog

Blogs são nossos maiores xodós, e por isso, trabalhamos com eles há anos.

Eles são fáceis de manter, têm um excelente alcance, podem ser muito lucrativos e permitem que qualquer pessoa se torne autoridade no assunto que mais a interessar.

Ou seja, indicamos a criação de blogs para quem quer vender como afiliado sem aparecer, mas também não tem tanta pressa em conquistar seu espaço.

Dizemos isso, pois diferente das redes sociais, um blog exige um pouco mais de tempo para se tornar notável, mas pode ser uma grande fonte de renda de maneira automática e sem validade.

Um post bem posicionado no Google, por exemplo, que traga um link de afiliado durante o texto pode vender durante anos, sem que o dono do blog nem mexa mais nele.

O Bloga Aí já ganhou MUITO dinheiro dessa forma com programas de afiliados que já renderam mais de R$ 30.000,00 e continuam rendendo até hoje.

A ideia de não associar um blog à sua imagem é igual ao Instagram. Você só precisa criar um bom nome, escolher seu nicho e alimentar sua audiência.

É legal lembrar, que além de divulgar produtos em posts, você ainda pode utilizar os espaços do seu blog, como banners para divulgar outros produtos e até ganhar dinheiro por cada click realizado pelos espaços “emprestados” ao Google Ads.

Se você quiser entender melhor sobre como criar um blog e vender como afiliado sem aparecer ou aparecendo (você decide) clique aqui.

3. Crie mini sites

Falamos sobre Blogs na sugestão anterior e o quanto eles precisam de alimentação de conteúdo para que seu público se sinta informado e atraído.

Já com os mini sites, a situação é um pouquinho diferente.

Eles são páginas, assim como os blogs, mas são praticamente estáticas. Isso significa que não mudam muito, não são atualizados com frequência e nem têm conteúdo vasto.

Eles basicamente têm 1 conteúdo base e alguns pouquíssimos de complementação para divulgar um produto, serviço ou marca.

Muitas pessoas que desejam vender como afiliado sem aparecer investem na criação desses mini sites para promover algo específico.

O mais importante aqui, é ler as regras do produtor a respeito do produto, entender se ele permite que o nome seja utilizado por terceiros e criar uma página com muito SEO aplicado da forma correta para que o Google possa indicá-la.

Para você entender melhor: suponhamos que o produto divulgado se chame “ganhar em dólar como afiliado”. Normalmente, o mini site terá como domínio www.ganharemdolarcomoafiladoepossivel.com.

Ou seja, se a página estiver usando bem as técnicas de SEO, ela aparecerá nas primeiras pesquisas para quem procurar sobre ganhar em dólar como afiliado. E ali, precisará convencer o leitor a comprar o produto com o link divulgado.

4. Crie um canal no YouTube

É perfeitamente possível ganhar (muito) dinheiro como afiliado sem aparecer em um canal no YouTube.

As possibilidades são infinitas e você pode criar vídeos:

  • Com sua voz ao fundo enquanto passa slides sobre o produto que deseja divulgar.
  • Sem voz e com slides sobre o produto.
  • Animados, feitos em sites, como VideoScribe ou Powtoon.
  • Tutoriais com a tela do computador sendo gravado através de softwares gratuitos, como OBS Studios.
  • Etc.

O mais importante é se atentar às regras de SEO do YouTube, que são diferentes do Google, e oferecer um conteúdo interessante no vídeo para que a pessoa que estiver assistindo se sinta interessada em comprar.

5. Divulgando com influencers

Existem algumas maneiras de vender como afiliado sem aparecer, mas investindo uma certa quantia para isso.

Essas são maneiras um pouco mais rápidas do que seria de forma orgânica, e por isso, podem ser utilizadas como complementação.

Entre elas estão as opções de tráfego pago, como Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads, etc.

É o tipo de estratégias que exige um pouco mais de conhecimento específico e que tem bastante resultado positivo desde que utilizada da maneira correta, pois envolve dinheiro de investimento inicial.

Mas há também a possibilidade de pagar para que outra pessoa divulgue seu link.

Se você não quer aparecer, não tem problema. Mas existem muitas pessoas que ganham dinheiro com imagem, seguidores e perfis pessoais.

Então, a dica aqui, é: procure um influenciador digital do nicho que você decidiu trabalhar e pergunte quais são os preços pela sua divulgação em feed, stories, vídeos no YouTube, etc.

Eles podem promover o produto e seu link de afiliado enquanto você fica por trás, pagando por aquela postagem, mas sem aparecer, recebendo comissão por cada compra realizada.

6. Crie uma lista de e-mails

As listas de e-mails são excelentes para quem quer trabalhar como afiliado sem aparecer e já têm um pouco mais de conhecimento sobre marketing digital.

Uma lista de e-mail é, basicamente, uma lista com e-mail de pessoas que permitiram que você tivesse acesso a essa informação, e que podem receber o que você envia até elas.

Ou seja, é uma forma muito interessante de divulgar posts do blog, promoções de datas comemorativas de produtos, e claro, links de afiliados.

Afinal, ela significa um voto de confiança. Alguém gostou do que você faz e te deu o e-mail para continuar recebendo informações. Isso é muito interessante.

O ideal aqui, é criar uma boa estratégia de funil, onde os conteúdos sejam entregues de maneira correta e direcionada de forma interessante, assertiva.

Você pode criar listas de e-mail a partir do seu blog, da entrega de conteúdos gratuitos e ricos, como e-books, etc.

Recapitulando

Vimos hoje, que existem diversas maneiras de ganhar dinheiro como afiliado sem aparecer e que elas podem ser responsáveis por transformar a sua vida, te tornando uma pessoa independente financeiramente sem ter sua imagem atrelada a nada.

Como exemplos desses formatos “anônimos”, vimos:

  1. Perfil no Instagram.
  2. Blog.
  3. Mini Sites.
  4. Canal no YouTube.
  5. Divulgação com influencers.
  6. Lista de e-mails.

Qualquer dúvida sobre o assunto, é só deixar um comentário e nós ficaremos felizes em responder!

gostou do conteúdo?

dê sua opinião ou deixe sua dúvida!

Faça sua busca!