Comece a ganhar
dinheiro com o seu blog

Adquira agora mesmo sua independência financeira
e trabalhe de onde quiser!

Eu quero!
Loading

7 alternativas para viajar com dólar alto

Por Bárbara Nassar, em

7 alternativas para viajar com o dólar caro

   Meeus amoores, todos que acompanham o blog sabe o quanto eu amo viajar, e quase deixei de ir para Curaçao por conta do aumento do dólar. Mas preferi planejar tudo direitinho para economizar ao máximo, sem deixar de aproveitar a viagem. E ultimamente vejo muitas pessoas falando que com o aumento do dólar ou do euro está praticamente impossível viajar. E eu concordo que para alguns lugares ficou mais difícil mesmo, mas existem sim alguns lugares que ainda valem apena, é só pesquisar.

   Muitas pessoas só pensam em Estados Unidos ou Europa, mas existem vários outros lugares. A América do Sul, por exemplo, tem vários destinos tão maravilhosos quanto e agora pode ser a hora de conhecê-los. Vamos aproveitar para pensar um pouco fora da caixa. Separei sete cidades que estão localizados na América, que na minha opinião vale a pena conhecer, já fui para quatro, mas como Chile eu era muito pequena, então pretendo voltar em breve.

7 alternativas para viajar com o dólar caro

1. Cartagena – Colômbia.

   As fotos que vejo sobre Cartagena me chamam muito a atenção, é uma cidade linda, com ruas que me lembram a da Europa. Conheço várias pessoas que ficaram apenas 4 dias e disseram ser o suficiente para conhecer o lugar. É possível visitar algumas construções históricas e conhecer um pouco mais sobre Cartagena, além disso no Convento Santa Cruz de La Popa tem uma vista espetacular.

   Para os que gostam de praia, aconselho passear pelas ilhas do Arquipélago de Rosário, com águas clarinhas, já vi fotos lindíssimas. Para os que estão com crianças e não querem se aventurar em alto mar é possível ficar por praias que não precisam pegar barco para ir, como por exemplo, a Playa Blanca. Para os que gostam de um passeio mais diferente, é possível ir ao Vulcão de Lama Totumo. Um pequeno vulcão que além de poder visitar, também pode tomar banho de lama.

7 alternativas para viajar com o dólar caro

2. Santiago – Chile.

   Santiago é perfeito para todos os gostos. As belezas são inúmeras e o melhor de tudo é que está localizado no centro do país, se tornando um ótimo ponto de partida para conhecer lugares vizinhos. A cidade é quente no verão, e muito fria no inverno, um ponto positivo para os moradores, já que está localizada á algumas horas da praia e de estações de esqui.

   Meu sonho é ver neve, ainda não vi, e por isso quero muito conhecer o Chile no inverno. A vista das montanhas com o topo lotadas de neves são lindíssimas. Não quero deixar de visitar o Parque Metropolitano, onde é possível ter uma vista maravilhosa da cidade. De noite, sem dúvida, é ir até o bairro de Bellavista, com ótimos bares e restaurantes para conhecer.

7 alternativas para viajar com o dólar caro

3. Buenos Aires – Argentina.

   Fiquei pouquíssimo tempo em Buenos Aires, e não aconselho, pois a cidade tem muitos lugares para se conhecer. A cidade é um charme, com prédio antigos, super bem cuidados e um pouco de ar Europeu. Escuto pessoas falando que encontraram muito lixo na rua, mas quando fui eu não tive essa impressão. O trânsito que me chamou a atenção, uma loucura, não acho necessário alugar carro.

   É possível alugar uma bicicleta e conhecer uma parte da cidade. Não esqueçam de conhecer lugares clássicos, como por exemplo, a Casa Rosada, o Obelisco e Puerto Madero. Aproveite para experimentar uma das melhores carnes do mundo! Pedir um bife de chorizo é obrigação. Além disso é um lugar super animado, nada melhor do que ir em um ótimo restaurante, apreciar um tango e ter uma noite super animada.

7 alternativas para viajar com o dólar caro

4. Punta Del Leste – Uruguai.

   É no verão que a cidade bomba. Você pode escolher se vai querer ser mais simplista durante a viagem, ou viver no luxo. E que luxo. Você pode fazer passeios ao ar livre, alugar uma bicicleta (foi o que eu fiz) para conhecer a cidade, aproveitar a praia e os restaurantes deliciosos. Além disso é possível abusar das compras, vi muitas mães comprando muitas coisas para bebês. Você também pode ir tentar a sorte com as fichas nos cassinos.

   Quase ninguém acorda cedo na cidade, se você ir para as praias as 10 horas elas vão estar relativamente vazias. Mas em compensação de noite, as lojas ficam abertas até depois da 00, e o melhor de tudo é que o Sol se põe só as 20h no verão. A noite as pessoas se vestem mais arrumados, até porque muito jovens vão para as baladas, que são muito boas.

7 alternativas para viajar com o dólar caro

5. San Andrés – Colômbia.

   San Andrés é uma autêntica ilha caribenha, então já se entende o porque da cor desse mar maravilhoso né? Ele é conhecido por ter um mar de 7 cores, é o único do mundo, dizem. Vários tons de verdes e azuis, que deixam a viagem ainda mais linda. São vários passeios para se fazer, fiquei 7 dias na ilha e não fiz todos, aconselho ir para o Aquário e Johnny Cay, super barato e lindo demais.

   Eu achei demais a locomoção pela ilha, é feita através de carrinhos de golfe! E o melhor de tudo é que você encontra uma loja de aluguel em todo lugar. Separe um dia para dar a volta na ilha, você vai ficar apaixonado. Gostei tanto que dei a volta duas vezes. A comida é maravilhosa e super barata, para quem gosta de frutos do mar, assim como eu, se prepare! Para compras de eletrônicos e bebidas também é ótimo, até porque a ilha é paraíso fiscal. Para saber mais sobre a minha viagem, acesse o post: San Andrés, o famoso caribe colombiano.

7 alternativas para viajar com o dólar caro

6. Toronto – Canadá.

   Toronto é a queridinha dos intercâmbistas brasileiros junto com Vancouver. É a maior cidade do Canadá e durante o verão é o período onde as ruas ficam lotadas de pessoas, e ir ao CN Tower para ter uma vista da cidade é impressionante. Além disso tem que aproveitar e fazer o passeio para as Cataratas do Niágara, situada na fronteira do Canadá e os Estados Unidos.

   Mas durante o inverno a cidade nos surpreende. As ruas ficam mais vazias, e por um ótimo motivo, a cidade tem o maior complexo comercial subterrâneo do mundo, o PATH. Acho isso impressionante. É possível encontrar uma cidade subterrânea, com uma temperatura agradável e com toda a infraestrutura que pode imaginar, lojas e até praças de alimentação.

7 alternativas para viajar com o dólar caro

7. Machu Picchu – Peru.

   Machu Picchu foi toda construída por pedras, sendo que algumas chegam a pesar 20 toneladas. Andar por essa cidade é poder aproveitar de dois mundos, você vai conhecer uma paisagem maravilhosa, e se impressionar com a história do povo inca. É incrível o conhecimento que eles possuíam. A “cidade perdida dos Incas” foi povoada entre os anos de 1450 a 1540.

   No Parque Arqueológico de Machu Picchu é possível conhecer templos, casas e várias outras construções. Um conselho é fazer o passeio com um guia, pois assim ele irá contar todas as curiosidades sobre a cidade, que são muitas. Não esquece de levar água para qualquer passeio, as temperaturas são altas.

Imagens retiradas em: 1 (missão viajante) x 2 x 3 x 4 x 5 x 6 x 7

gostou do conteúdo?

dê sua opinião ou deixe sua dúvida!

Ao enviar seu comentario, está concordando com a Política de Privacidade do blog.

69 comentários

Veja mais comentários:
1 2 3 4

Faça sua busca!